Sobre Eternos Segundos- Sensibilidade e Criatividade

Sobre nós

José Vitorino, Núbia Peres e Natalie Peres

Nossa família é uma prova de que o amor pela fotografia está no sangue.


-José Vitorino

"Se uma imagem fala mais que mil palavras, quero escrever milhares de livros."

Amante da fotografia desde a juventude, me formei em 2002 juntamente com minha esposa, quando abrimos um estúdio. Tive a sorte de ter 3 lindas filhas. Duas delas compartilham comigo o amor pela arte de registrar momentos. Hoje, formamos uma equipe para fotografia de casamento onde, juntos, usamos nosso talento e paixão para eternizar segundos especiais.


-Núbia Peres

"Detesto essa mania que o tempo tem de querer mudar as coisas. Sou fotografa porque acredito que uma câmera é a melhor arma contra o poder do tempo ."

Sou apaixonada pela vida, por pessoas, sorrisos e bons momentos. Desde que me conheço por gente sempre estive com uma câmera ou um celular na mão fotografando. Aos 17 anos me formei como professora, porém nunca exerci a profissão. Aos 18 anos o amor pela fotografia me atraiu novamente e me formei também como fotógrafa. Atualmente faço parte de duas equipes, uma para fotografia de casamento juntamente com meu pai e minha irmã, e outra equipe para fotos de newborn e gestante juntamente com a minha irmã. Assim juntei minhas paixões, família, pessoas e fotografia e criei a Eternos Segundos.


-Natalie Peres

"A ideia de pintar a realidade da vida por meio da luz me fascina."

Dizem que escolhemos nossas paixões, mas as vezes as paixões que nos escolhem. Nasci em uma família de fotógrafos. Assim, desde os meus 2 anos de idade a fotografia foi algo presente em minha vida. Diria que a ideia de viver sem fotografia está totalmente fora do meu senso da realidade. Sou apaixona por arte em geral, gosto de estudar a respeito da arte, sua historia e o modo como ela nos afeta. Minhas inspirações na vida vem de pintores, mais especificamente o pintor impressionista Monet. O modo como ele via o mundo como um sonho é exatamente meu propósito de vida. A pintura e fotografia são coisas muito similares em meu conceito. Ambos tem como objetivo registar algo da forma mais bela. E é exatamente isso que eu e minha irmã sempre desejamos, registrar sonhos em imagens, tornar eterno o passageiro, eternizar os segundos.